Recomendações

(396)
Dario Palhares, Médico
Dario Palhares
Comentário · há 4 anos
A situação é complicada porque nenhum dos dois lados está com a razão.

A Deputada, porque usou dinheiro público para resolver uma questão particular, ou seja, que ela, pessoalmente, se sentia ofendida por comentários do Gentili nas redes sociais.

De cara, a Deputada deveria sofrer um processo por improbidade administrativa: o que o Brasil, ou o Estado do Rio Grande do Sul, têm a ver com fofoquinhas e comentários que um jornalista-humorista-palhaço fez em uma rede social? Nada!

Então, é correto uma Deputada mover a máquina pública para intimidar um piadista? De jeito nenhum!

Nas cortes, em período no qual o Estado Democrático de Direito ainda estava sendo construído, o bobo da corte era o homem mais poderoso, pois era o único que poderia ridicularizar o rei e roubar um beijo da rainha sem que fosse decapitado por isso.

Assim, a crítica do palhaço é totalmente pertinente; contudo, no exercício de sua profissão de sátiro, cometeu um gesto esdrúxulo em um vídeo, gesto este que impactou e polemizou a população: para uns, resposta genial; para outros, brincadeira de criança; para alguns, exemplo do machismo da sociedade; para outros, gesto totalmente sem sentido.

Diante do absurdo que foi a iniciativa de censura da Deputada, eu torço para que o vídeo do Danilo Gentili tenha sido apenas um vídeo. Porque se ele realmente postou de volta a carta contendo papel picado, isso sim já é uma afronta a uma instituição. Agora, se o que ele postou de volta foi uma resposta textualmente neutra ou então se ele ignorou e não postou nada de volta, estão fazendo tempestade jurídica em copo d´água.
George Corona
George Corona
Comentário · há 5 anos
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Marco A. Z.

Carregando

Marco A. Z. Stradolini

Entrar em contato